sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Peçam tudo de uma vez por favor!

As aulas começaram há uma semana e cá por casa tem corrido tudo sem sobressaltos.  As mudanças foram muitas, esta passagem de uma escola do primeiro ciclo para uma do segundo traz tanta coisa nova...

school
Quando, no final de julho, comprámos os livros do 5.º ano para o G., limitámo-nos à lista fornecida pela escola. Os livros de exercícios não estavam incluídos e resolvemos esperar pelas indicações dos professores. Tinha receio de gastar o dinheiro e depois não serem necessários, se bem que cá em casa há sempre material de apoio para o piolho ir treinando o que aprende, tenho sempre essa preocupação. Mas como este ano a despesa passou a ser muito maior, e o meu rendimento diminuiu drasticamente, achei mais acertado não fazer logo esse gasto.

Mas, apesar de não constarem da lista apresentada pela escola, muitos professores têm pedido os livros de exercícios dos respetivos manuais.  Concordo plenamente que o façam se realmente facilitam a aprendizagem, o que me chateia é não serem pedidos todos ao mesmo tempo. Sei que por vezes os professores são colocados à última da hora, mas na apresentação de dia 14 confirmaram-nos que já todas as disciplinas tinham professor atribuído, o que realmente se veio a verificar. Não seria mais prático e funcional distribuírem uma lista conjunta de material e livros de apoio a adquirir? 

Ainda por cima depois ouvem-se aquelas pérolas do género "quem não trouxer na próxima aula tem falta". Se poderá haver pais mais relaxados e que não estão lá muito preocupados em garantir que os seus filhos tenham o material indispensável (porque os há, infelizmente), haverá outros também cujos rendimentos não lhes permitem comprar tudo no imediato.      

Primeiro foi o caderno de exercícios de música e o de português. O de português ainda consegui encontrar numa papelaria aqui da zona onde facultam os livros na hora, sem necessidade de encomenda, mas o de música não havia. Recorri à Wook, onde havia já comprado todos os manuais escolares do G. no final de julho. Encomendei num dia depois de almoço, no dia seguinte pela manhã já tinha o livro a entrar porta dentro. 

book


No final das aulas desse dia, chega o pequeno a casa a dizer que também é preciso o livro de exercícios de matemática. Na manhã seguinte encontro-o na tal papelaria, felizmente. Mas nessa mesma tarde, mais um pedido: livro de exercícios de História e Geografia de Portugal! Lá vou ter de fazer nova romaria... Peçam tudo de uma vez por favor!

Também têm o mesmo problema aí por casa, de andarem a comprar tudo às pinguinhas?  

ATUALIZAÇÃO DA SAGA: O meu filho acaba de me informar que também faz falta o^livro de exercícios de Ciências da Natureza... haja paciência!...       
      


16 comentários:

  1. Isso também me acontecia nos tempos de escola, sempre foi uma chatice para os meus pais.

    Beijinhoos****
    Cantinho da Suu

    ResponderEliminar
  2. Quando eu andava na escola os professores faziam o mesmo
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente há coisas que não mudam ;)

      Beijinho

      Eliminar
  3. OI!
    Muito chato esse pinga pinga!
    bjoo
    http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. De facto, era muito mais prático se pedissem tudo ao mesmo tempo, até para uma pessoa se poder organizar melhor.

    r: Muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim.

      Muito obrigada também :)

      Beijinho

      Eliminar
  5. Infelizmente, é a dura realidade! Acontecia exatamente o mesmo aos meus pais! :)
    beijinhos

    amarcadamarta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Assim realmente não há paciência que resista. Eu ainda não sei o que isso é mas quando chegar a minha hora acho que faço um retiro espiritual :) ehehe:)
    beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há meditação que resista! LOL

      Beijinho grande Elisa.

      Eliminar
  7. Meu deus, todos os anos a mesma coisa. É que irrita, o problema é que os professores grande parte deles são pais e nem têm a consciência de pensar no quão massacrante é estarem a pedir as coisas às prestações e pior ainda pedem extensas listas com materiais super caros que se for preciso as crianças nunca vão chegar a utilizar. Isto é algo que me chateia de verdade!
    Beijinhos
    http://littlegirlsinbigproblems.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão Ana. Esta questão dos materiais é daquelas que merecia ser mais debatida na própria escola, antes do início das aulas. É necessário criar alternativas e não massacrar as crianças pela incapacidade económica dos pais ou também pela desorganização de alguns, que também se vê, infelizmente.
      Beijinhos

      Eliminar

Muito obrigada pelo seu comentário, vou ler com toda a atenção e responder aqui no post :D Se tem um blog, não se esqueça de deixar o endereço, quero muito conhecê-lo ;)